O CONTEXTO PAGÃO E O CULTO IMPERIAL


O CONTEXTO RELIGIOSO DO NOVO TESTAMENTO

II.- O CONTEXTO PAGÃO

Se as raízes do cristianismo afundam profundamente em terra judaica, seu desenvolvimento realiza-se logo no contexto pagão. O mundo pagão era profundamente religioso; porém, essa religiosidade apresentava-se sob as formas mais diversas. A religião greco-romana era sincretista e popular. O povo continuava apegado às divindades locais e expressava assim sua lealdade cívica. Porém, ao mesmo tempo, o horizonte religioso havia-se alargado para oferecer entrada a elementos das mais diversas procedências, enquanto as praticas religiosas tradicionais se haviam enriquecido com elementos exóticos.

Supostamente, os antigos templos continuavam em pé e os antigos ritos eram praticados por multidões; porém os nomes dos deuses haviam-se multiplicado e misturado em toda sorte de combinações. Novas formas de culto haviam-se propagado por todo o império. Além disso, as associações religiosas tinham surgido por toda parte, e o culto ao imperador havia-se estendido por todo o mundo civilizado.

3.- O culto imperial

O elemento mais expressivo e de maior influência unificadora na religiosidade do helenismo tardio foi o culto imperial. Uma das raízes mais profundas deste culto acha-se na veneração helenística do soberano, que por sua vez, baseia-se no antigo culto grego ao herói. Com Alexander Magno, o culto grego ao herói adquire novas dimensões. Sua divinização foi aceita imediatamente na Ásia Menor, e na própria Grécia.

O império de Alexandre desfez-se após sua morte, porém o culto ao soberano sobreviver-lhe-á. Os Diádocos atribuíam-se com freqüência os três epítetos de sotêr (salvador), euergetês (benfeitor) e epifanês (manifesto) que haviam sido outorgados a Alexandre, e utilizaram a divinização pessoal como meio de legitimar suas monarquias. Tanto os Selêucidas como os Ptolomeus serão considerados deuses e venerados como tais por seus súditos. Roma soube aproveitar-se desse culto ao soberano, que se transformou num símbolo da unidade do estado e em fator aglutinante do império.

FIQUEM NA PAZ DE DEUS!
SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!