O CONTEXTO PAGÃO E AS RAÍZES DA RELIGIOSIDADE HELENÍSTICA TARDIA


O CONTEXTO RELIGIOSO DO NOVO TESTAMENTO

II.- O CONTEXTO PAGÃO

Se as raízes do cristianismo afundam profundamente em terra judaica, seu desenvolvimento realiza-se logo no contexto pagão. O mundo pagão era profundamente religioso; porém, essa religiosidade apresentava-se sob as formas mais diversas. A religião greco-romana era sincretista e popular. O povo continuava apegado às divindades locais e expressava assim sua lealdade cívica. Porém, ao mesmo tempo, o horizonte religioso havia-se alargado para oferecer entrada a elementos das mais diversas procedências, enquanto as praticas religiosas tradicionais se haviam enriquecido com elementos exóticos.

Supostamente, os antigos templos continuavam em pé e os antigos ritos eram praticados por multidões; porém os nomes dos deuses haviam-se multiplicado e misturado em toda sorte de combinações. Novas formas de culto haviam-se propagado por todo o império. Além disso, as associações religiosas tinham surgido por toda parte, e o culto ao imperador havia-se estendido por todo o mundo civilizado.

1.- raízes da religiosidade helenística tardia

O homem helenista, individualista e cosmopolita procura o bem individual acima do bem comum. Esculápio com suas curar milagrosas, corresponde mais a necessidade mais que a função de deus protetor de uma cidade e será percebido como deus protetor do individuo. Tykhe, a “deusa fortuna” é a deusa por excelência da religião helenística; deusa imprevisível que, segundo seu próprio capricho, constrói ou destrói os reinos. Igualmente da antiga religião grega provém os oráculos.

As religiões mistéricas do helenismo tardio são incompreensíveis sem uma referência aos antigos mistérios de Deméter, e de Dionísios, ou aos mistérios órficos. O culto imperial tem uma parte de suas raízes mais profundas no culto ao herói da religião grega clássica e no procedente culto aos mortos. A antiga crença romana nos genii, misturada com a crença helenística no daimôn pessoal (elemento divino presente no homem), terá influência decisiva no desenvolvimento do culto imperial, que marcará toda a época. Porém, os aspectos mais instáveis da religião do helenismo tardio provêm das contribuições das religiões orientais.

FIQUEM NA PAZ DE DEUS!
SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!