A MAIOR CATÁSTROFE DO BRASIL




Janeiro de 2011
Amigos, só o que se vê nos últimos dias em todos os veículos de comunicação, como na internet, televisão, rádios e etc. é o assunto sobre o desastre que ocorreu na região serrana do Rio de Janeiro. Alguns dizem que foi uma catástrofe, outros dizem que é o fim do mundo, outros falam que é castigo de Deus. Afinal, o que aconteceu realmente neste mês de Janeiro na Região Sudeste.
O que escutamos na realidade são muitos discursos acerca dos desastres que vem ocorrendo a cada ano no Brasil tanto no meio político como nos meios de comunicação, mas são meros e longos discursos e nada mais. O que fica disto tudo é pouca ação e mais tragédias como tem ocorrido principalmente no Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, nos últimos dias.
         A cada verão, brasileiros morrem vitimados por enchentes na região sudeste. O detalhe é que este fenômeno não escolhe vítimas, entre elas estão uma boa parte de pessoas pertencentes a todas as camadas de classes sociais como: ricos, pobres, brancos, negros, crianças, idosos, adultos etc.
Neste mês de Janeiro de 2011, aconteceu infelizmente no Rio de Janeiro a maior catástrofe já ocorrida em toda a história do nosso país, mais de 900 pessoas morreram na região Serrana. Chuvas bastante intensas nesta região fizeram com que barreiras de encostas descessem sem controle em direção as casas, destruindo tudo que encontrou pela frente.
Muitas pessoas foram pegas de surpresa, algumas não tiveram nem tempo de sair de suas casas, foram arrastadas com elas. Muitos perderam quase tudo, pois o que lhe restou foi a vida. Estes ficaram sem empregos, sem casas, sem familiares, sem carros, nada, só o que lhe restou no corpo foi a roupa.
Como analisar esta catástrofe? É culpa de Deus ou é culpa dos governantes daquela região? E o Governo Federal, o que tem a nos dizer sobre isto? A Nasa (Administração Nacional do Espaço e da Aeronáutica) dias antes do desastre já havia informado que ocorreria na região sudeste fortes chuvas, pois um fenômeno que acontece todos os anos iria chegar de novo.
O fenômeno é uma camada maciça de chuvas acumuladas vindas da região do Amazonas. Elas formam como que um corredor extenso que cai de forma bastante agressiva na região sudeste. Estas chuvas intensas acontecem todos os anos nesta. Porque será que as autoridades não tomaram uma providência? Porque não avisaram as pessoas para que se prevenissem, como aconteceu na Austrália, que só morreram 24 pessoas numa região alagada e habitada muito maior que a nossa.
Ora, parece que podemos absorver Deus de tamanhos destroços. Como já vimos na televisão, as imagens são nítidas, as casas foram feitas em lugares de grandes riscos. Os homens na verdade tomaram o espaço da natureza. Construíram casas perto dos rios, de córregos, de encostas. Quando chove a água precisa do espaço para passar, ou seja, com fortes chuvas os rios precisam do espaço para se expandir. O homem jamais pode ocupar um espaço que só deve pertencer a natureza, pois ela não pensa. Ela simplesmente age.
Por fim, todos os anos nós vemos a mesma coisa a natureza age mais rápido que os nossos governantes. Onde fica a nossa dignidade, os nossos direitos de termos uma moradia fixa. Será, que nós vamos ter que mudar de residência a cada ano por causa de um temporal? A verdade é que muitos perderam a vida. Perderam tudo. Para os que ficaram vivos, estes perderam o maior tesouro que o um ser humano pode ter: uma família. Certamente estas pessoas ficarão com traumas pro resto da vida. Para os que estão vivos que Deus os console! Para os que morreram que descansem na paz de Deus! 


Fiquem na Paz de Deus! Seminarista Severino da Silva. 








Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!