NINGUÉM SUBIU AO CÉU A NÃO SER AQUELE QUE DE LÁ DESCEU!

(Santo Agostinho, bispo)

Hoje nosso Senhor Jesus Cristo subiu ao céu; suba também com ele o nosso coração. Ouçamos a palavra do apóstolo: Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, onde estar Cristo, sentado á direita de Deus; aspirais às coisas celestes e não às coisas terrestres (Cl 3, 1-2). E assim como ele subiu sem se afastar de nós, também nós subimos com ele, embora não se tenha ainda realizado em nosso corpo o que nos está prometido.
Cristo já foi elevado ao mais alto dos céus; contudo, continua sofrendo na terra através das tribulações que nós experimentamos como seus membros. Deu testemunho desta verdade quando se fez ouvir lá do céu: Saulo, Saulo, por que me persegues (At 9, 4). E ainda: Eu estava com fome e me destes de comer (Mt 25, 35)
Por que razão nós também não trabalhamos aqui na terra de tal modo que, pela fé, esperança e caridade que nos unem  a nosso Salvador, já descansemos com ele no céu? Cristo está no céu, mas também está conosco; e nós, permanecendo na terra, estamos também com ele. Por sua divindade, por seu poder e por seu amor ele está conosco; nós, embora não possamos realizar isso pela divindade, como ele, ao menos podemos realizar pelo amor que temos para com ele.
O Senhor Jesus Cristo não deixou o céu quando de lá até nós; também não se afastou de nós quando subiu novamente ao céu. Ele mesmo afirma que se encontrava no céu quando vivia na terra, ao dizer: Ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem, que está no céu (Jo 3, 13).
Isto foi dito para significar a unidade que existe entre ele, nossa cabeça, e nós, seu corpo. E ninguém senão ele podia realizar esta unidade que nos identifica com ele mesmo, pois tornou-se Filho do Homem por nossa causa, e nós por meio dele nos tornamos filhos de Deus.
Neste sentido diz o apóstolo: Como o corpo é um só, embora tenha muitos membros, e como todos os membros do corpo, embora sejam muitos, formam um só corpo, assim acontece com Cristo (Icor 12, 12). Ele não diz: “assim é Cristo”, mas: assim também acontece com Cristo. Portanto, Cristo é um só, formado por muitos membros.
Desceu do céu por sua misericórdia e ninguém mais subiu senão ele; mas nele, pela graça, também nós subimos. Portanto, ninguém mais desceu senão Cristo e ninguém mais subiu além de Cristo.
Isto não quer dizer que a dignidade da cabeça se confunde com a do corpo, mas que a unidade do corpo não se separa da cabeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!