CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE CRISTO REI


SOLENIDADE DE CRISTO REI

CRISTO SENHOR DO UNIVERSO

RITOS INICIAIS

Deus nos reúne


ü Canto inicial e procissão de entrada  

ü Sinal  da  Cruz

ü Acolhida presidencial
    P – Irmãos e irmãs, sejam todos bem vindos à celebração da solenidade de Cristo Rei do Universo. Desejo que a verdade que Cristo trouxe de junto do Pai para todos nós esteja convosco.  Bendito seja Deus...

ü Sentido da celebração

    C – Celebramos neste domingo a solenidade de Jesus Cristo, Rei do Universo. Por isso, iniciamos nossa celebração cantando nosso compromisso com o Reino de Deus. Hoje, louvamos e aclamamos Jesus Cristo como Rei do Universo e, ao mesmo tempo, com Cristo e por causa dele, queremos nos comprometer com o projeto de vida que Ele trouxe a este mundo. Este projeto de vida nós o conhecemos como Reino de Deus.
ü Ato penitencial
    P – Pelas vezes que não vivemos de modo comprometido o projeto do Reino de Deus, e pelas vezes que não fomos fiéis à vocação de testemunhar os valores do Reino em nossa sociedade, peçamos perdão a Deus e aos nossos irmãos.  (momento de silêncio)

    M1 – Encerra-se, hoje, o Ano Vocacional 2003. Responder à vocação cristã é comprometer-se com o projeto do Reino de Deus. Diante da cruz, o trono de Cristo rei, peçamos perdão pelas vezes que não colocamos em primeiro lugar os valores do Reino de Deus.
Todos (cantando) – Piedade, piedade, piedade de nós!

    M2 – Desde o dia que fomos mergulhados na água batismal nos tornamos vocacionados de Deus. Reconheçamos nossas omissões e as vezes que nos fizemos surdos e não ouvimos chamado de Cristo para viver o projeto vocacional do Reino de Deus em nossa comunidade.
Todos (cantando) – Piedade, piedade, piedade de nós!

    M3 – Este domingo é dedicado aos leigos e leigas. Um dia para refletir o compromisso da vocação leiga na Igreja e na sociedade. Diante do Círio Pascal, símbolo da vida nova que Cristo nos trouxe pela sua ressurreição, peçamos perdão pelas vezes que não fomos luz do mundo e sal da terra, deixando de ser testemunhas da ressurreição do Senhor.
Todos (cantando) – Piedade, piedade, piedade de nós!

    P – Deus todo-poderoso....
ü Glória
    P – Louvemos a Deus Pai pela  graça de termos vivido na Igreja do Brasil o Ano Vocacional 2003 e, finalmente, o louvor a Deus pelo compromisso que tantos leigos e leigas assumem na Igreja.
ü Oração do dia
    P – Senhor nosso Deus, fazei que a nossa alegria consista em vos servir e em nos comprometer sempre mais com o projeto do Reino de Deus, pois só teremos felicidade completa servindo a vós o criador de todas as coisas. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
 

LITURGIA  DA  PALAVRA

Deus nos fala


ü 1ª leitura: Daniel   7,13-14

    C – O livro de Daniel foi escrito para animar a comunidade judaica em um tempo em que ela estava profundamente ameaçada em sua identidade cultural e religiosa. O autor fala em linguagem simbólica. Apresenta uma figura misteriosa, “um Filho do Homem” repleto de glória, para dizer ao povo que ele também sairá vencedor da dura perseguição pela qual está passando. Vamos ouvir e acolher a palavra de Deus para nós.

ü Salmo Responsorial   93(92)

    C – Cantemos neste salmo a alegria de sermos convidados pelo Senhor para estar em sua presença. Peçamos paz para o nosso mundo e sabedoria para todos os que têm o dever de zelar pelo bem comum.

ü 2ª leitura: Apocalipse   1,5-8 

    C -  O livro do Apocalipse é uma palavra de alento as comunidades cristãs do primeiro século que vivia um clima de medo, perseguidas pelas forças  do império romano. Em meio a tantos sofrimentos, a liturgia tinha a função de encorajar os irmãos e irmãs a serem testemunhas de Jesus. Vamos ouvir esta palavra em comunhão com tantas comunidades que, em nossa América Latina, vivem em situação semelhante. 

ü Evangelho: Marcos   18,33b-37

    C –  O evangelho que vamos ouvir é parte da narração da paixão de Jesus, segundo o evangelho de João. Vamos  acolher o que o Senhor nos fala por meio desta palavra.
ü Aclamação ao evangelho

ü Proclamação do evangelho

ü Homilia


ü Profissão de fé 
ü Oração dos fiéis
Nossa oração recorda todos os povos e nações que vivem oprimidos pelas guerras e pelo medo.
— Para que a justiça e a paz do Reino de Deus se façam presentes em todas as nações e povos do mundo, peçamos:

Venha a nós, o vosso Reino, Senhor.

Lembramos da Igreja, que recebeu de Jesus Cristo o mandato para difundir o Reino de Deus no mundo.
— Para que o Papa, os bispos e todo o povo de Deus, de modo especial os leigos e as leigas sejam promotores dos valores de Reino Deus na sociedade, peçamos:

Venha a nós, o vosso Reino, Senhor.

Rezemos pelas pessoas e pelos povos que perderam a esperança na salvação e não encontram um sentido e um destino para suas vidas.
— Para que as pessoas e os povos que perderam a esperança encontrem em Cristo o princípio, o sentido e o fim de toda a existência, peçamos:

Venha a nós, o vosso Reino, Senhor.

Recordemos os governantes que dirigem os destinos dos povos, das nações e do mundo.
— Pelas governantes do mundo inteiro, para que governem com justiça, promovam a paz e busquem a verdade que Cristo veio trazer a este mundo, peçamos:

Venha a nós, o vosso Reino, Senhor.

Rezemos pelos leigos e leigas que atuam em nossa comunidade nos diversos apostolados e pastorais.
— Pelos leigos e leigas que se dedicam na comunidade em vista de uma sociedade formada com os valores do Reino de Deus, para que sejam abençoados por Deus em seu trabalho, peçamos:

Venha a nós, o vosso Reino, Senhor.

LITURGIA  SACRAMENTAL
Deus nos santifica

ü Apresentação das oferendas

ü Oração sobre as oferendas

ü Monição para a Oração Eucarística

    C – É momento para louvarmos a Deus Pai pelo projeto de vida que Jesus Cristo, nosso Rei e Senhor, trouxe a nós pelo Reino de Deus. Vamos agradecer a Deus porque somos convidados a participar da construção do Reino de Deus, que é Reino de vida, de santidade, da justiça, do amor e da paz. Entremos no silêncio profundo e em silêncio acompanhemos a Oração Eucarística louvando e agradecendo a Deus Pai.

ü Prefácio próprio da “Solenidade de Cristo Rei do Universo.”

ü Santo  

ü Oração  Eucarística  - I

ü Monição para a Oração do Senhor

    P – O primeiro pedido que fazemos na oração do Senhor é a vinda do Reino de Deus. Hoje, queremos pedir que o Reino de Deus esteja em nossa comunidade para que desapareça o individualismo e reine aqui a generosidade da partilha. Queremos pedir que o Reino de Deus esteja em nosso meio para que as drogas que matam os jovens desapareçam e reine entre nós a vida plena e total. Por tudo isso, nós elevamos nosso louvor ao Pai como Jesus nos ensinou: Pai nosso...
ü Abraço da paz  

ü Cordeiro de Deus

ü Convite para a comunhão

   P – Feliz o povo comprometido com o Reino de Deus, porque o Senhor o abençoará com a paz. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
ü Canto de comunhão
ü Agradecimento 

ü Oração depois da comunhão

 

RITOS FINAIS

Deus nos envia

ü Avisos
ü Bênção  final - Tempo Comum IV
ü Despedida
    P – Vivam sempre comprometidos com o Reino de Deus. Ide em paz, o Senhor vos acompanhe.
ü Canto final



O QUE VALORIZAR NESTA CELEBRAÇÃO

Espaço celebrativo: O melhor jeito de representar a realeza de Cristo através de um símbolo artístico é colocando o ícone de Jesus Cristo Pantrocrator. A palavra grega “pantocrator” significa “aquele que reina sobre tudo”. No pensamento da liturgia deste domingo, poderíamos dizer que “pantocrator” é o Cristo que recebeu o poder e a realeza de Deus Pai. Junto ao ícone do pantrocrator poderá ser colocado o Círio Pascal e uma vasilha com água. O Círio recordando a vitória do rei Jesus pela sua ressurreição e a água numa referência ao batismo, fonte de todas as vocações.
            Como neste domingo acontece o encerramento do Ano Vocacional 2003, dentro da possibilidade do espaço de cada igreja, pode-se colocar também o cartaz do Ano Vocacional 2003, mas sempre com o cuidado para não sobrecarregar o ambiente.

Anotações práticas
O ícone pode ser colocado no presbitério, entre o altar e o ambão, sobre um cavalete de pintor, ou outro suporte, mas de tal modo que seja visto por todos os celebrantes. Ao lado do ícone pode ser colocada uma flor simples, em homenagem a Cristo pantocrator e, como vamos sugerir na procissão de entrada, colocar o Círio Pascal.
Como proporemos mais adiante, a entrada do ícone acontecerá no momento do canto do salmo responsorial. Mesmo assim, tudo já esteja preparado no presbitério de tal modo que desperte expectativa nos celebrantes.
Se sua comunidade tiver o painel de Cláudio Pastro, que retrata o Cristo do novo milênio, este poderia ser usado em vez do pantrocrator.
Pedimos que leia a sugestão para o rito das ofertas, onde é sugerido levar flores para serem colocadas diante do pantocrator. Por isso, se a sugestão for aceita, preveja-se um vaso ali próximo.

Equipe de acolhida: Para acolher os celebrantes desta celebração, a equipe de acolhida poderá utilizar uma antiga saudação usada pelos cristãos, que diz: “Viva Cristo”; o interlocutor responde “Rei!”. Se em sua comunidade o povo não conhece a forma de saudação, poderá haver outra forma de acolher, como propomos abaixo.

Bem vindo!
Jesus é o nosso rei.

Procissão de entrada: Juntamente com a cruz processional, neste domingo seria bom levar na procissão de entrada o Círio Pascal, demonstrando assim que Cristo recebeu a honra e o poder de Deus no momento de sua ressurreição.

Anotações práticas
Aceitando nossa proposta de utilização do Círio Pascal na procissão inicial, lembramos que o Círio poderá entrar ao lado na cruz, abrindo a procissão. São dois símbolos da vitória de Cristo, que é vitória do projeto do Reino de Deus neste mundo.
O Círio Pascal poderá ser colocado próximo ao ícone do pantocrator (cf. proposta de simbologia para o espaço celebrativo deste domingo).

Ato penitencial: O ato penitencial poderá ser feito com a ajuda de três símbolos, relacionados ao Ano Vocacional 2003: o símbolo da cruz, do Círio Pascal e da água. Os três símbolos são usados nas celebrações batismais e podem servir para recordar o compromisso vocacional recebido no Batismo e o conseqüente compromisso com o projeto do Reino de Deus. Segue um modelo.

Anotações práticas
            O ato penitencial seria interessante fazer com  casais. Neste caso, um deles faz o pedido diante dos celebrantes enquanto o outro apresenta o símbolo aos celebrantes.
            Concluído o ato penitencial, os símbolos são devolvidos aos seus lugares.

Procissão do evangeliário: No domingo passado já havíamos acenado para a realização de uma procissão do evangeliário de modo alegre e festivo. O evangeliário, nesta celebração, representa o Cristo vivo anunciando o projeto do Reino aos celebrantes. Representa também um modo de vocação, neste domingo em particular, para os leigos e leigas. Por tudo isso, vê-se que vale a pena valorizar este momento. Pensamos valoriza-lo com o Evangeliário sendo levado de mão em mão, do fundo da igreja até o ambão.


REFLEXÃO CELEBRATIVA

(proposta de homilia)


1 – Todo reino tem um poder e um projeto social
Falar de rei e reinado não afeta tanto nossa vida social, como afetava um tempo quando o regime político era a monarquia. Hoje, embora persista a monarquia em algumas sociedades do mundo, o que prevalece são outras formas de governo que, de modo especial no Ocidente, privilegiam a democracia. Se mudou o modo de governar, existem duas coisas que nunca mudam, tanto no sistema monárquico, com reis e reinados, como nos demais sistemas políticos que temos no momento histórico atual. Estes dois elementos são: o poder que se tem sobre o povo e o projeto social que vai determinar o modo de viver de um povo. O Reino de Deus, do qual Jesus é Rei, também tem um fundamento do poder e um projeto de vida; um projeto social para o povo.

2 – Poder no Reino de Deus
Não coloquemos dúvida que Jesus seja rei. Ele é claro no evangelho, ao ser perguntado por Pilatos, que representa o poder deste mundo diante de Jesus Cristo. Jesus diz: “eu sou rei” e logo acrescenta: “mas o meu reino não é daqui”. Jesus com isso não está dizendo que o Reino de Deus é somente para o outro mundo, mas está mostrando que o seu Reino não é igual aos reinos e dominações que existem na sociedade do mundo. O poder que governos têm no mundo vem da força ou de um consenso social, como é o caso das eleições. Um exemplo de poder dominador vemos, hoje, no Iraque, com os Estados Unidos dominando o país pela força da guerra e querendo impor um novo modo de vida aos iraquianos, de acordo com os moldes ocidentais. Eles usaram a força para legitimar seu poder. O poder de Jesus Cristo como rei vem de Deus, como lemos na 1a leitura, e este poder é eterno e não lhe será tirado. No evangelho, Jesus diz que veio a este mundo para dar testemunho da verdade. Ou seja: a única finalidade do Reino de Deus entre nós é trazer a salvação, a justiça e a paz tendo como base o amor.

3 – Um projeto de vida e para o bem de todos
É nisto que podemos fazer uma comparação para entender a diferença que existe entre o projeto do Reino de Deus e os projetos políticos de partidos, por exemplo. Como diz o termo, quando um projeto é de um partido, está dizendo que se trata de um projeto que pertence a uma parte. Existe um grupo de pessoas, que se reúnem num partido político e defendem uma filosofia de vida e um modo de governar. Normalmente, sendo manifestação de uma parte da sociedade, este partido favorece quem está do seu lado ou lhe concede favores. Todo partido é sempre de uma parte da sociedade. Com o Reino de Deus é diferente, porque é um Reino universal, ou seja, está acima do interesse de alguns e se destina a toda humanidade. O Reino de Deus não defende uma filosofia de vida ou um modo de governar, mas propõe que todos sejam irmãos de todos e vivam no serviço, praticando a justiça para o bem de todos. Nada de dominar pessoas, nem pela força nem pelo arrebanhamento de adeptos, mas um mundo onde todos se respeitem e promovam a justiça, a paz e a dignidade da vida de cada ser humano.

4 – Uma utopia e um sonho
Sei que muitos de vocês estão pensando que pareço um sonhador, alguém que vive um mundo diferente deste que vivemos hoje. Só que este não é o meu sonho; este é o sonho de Deus. Este é o projeto de Deus para o nosso mundo e para a nossa sociedade. Podemos dizer que este é o projeto social de Deus para nós. Quando ouvimos Jesus dizendo no evangelho que veio a este mundo para testemunhar a verdade, era justamente isso que queria dizer. Está dizendo que recebeu o poder e a autoridade de Deus para trazer um novo projeto de vida ao nosso mundo e este projeto se chama Reino de Deus. Reino de Deus não é um lugar, é um modo de viver. Foi por pregar esse Reino que os poderosos do tempo de Jesus sentiram-se ameaçados e o mataram. De fato, sobre a cruz escreveram o motivo da morte: ele era o Rei dos judeus. Foi por causa deste plano social que muitos cristãos foram martirizados, porque reis e governos desta terra julgaram suas idéias perigosas e ameaçadoras para seus poderes. O Reino de Deus não se sustenta pela força, mas pela justiça que, em última análise, significa ter a possibilidade de viver dignamente e de viver em paz.

5 – Cristão é político com os valores do Reino
Hoje é o domingo dedicado ao leigo e à leiga e, podemos dizer que todo cristão leigo e toda cristã leiga são políticos; pessoas que influenciam a sociedade com um projeto de vida, com um projeto social que, no nosso caso é o projeto do Reino de Deus. No evangelho, Jesus dizia: “todo aquele que é da verdade, ouve a minha voz”. Quer dizer: todo aquele que aceita o plano do Reino de Deus, segue o projeto de vida que Jesus Cristo trouxe para nós neste mundo. É um projeto ambicioso, que realizamos em nossas comunidades através das pastorais, por meio de círculos bíblicos, na catequese, na pastoral dos jovens e feita pelos jovens, na escola, no lazer... Neste projeto, os leigos são convidados a participar. Assim entendemos também que religião não é somente ficar rezando, mas um meio de colocar na sociedade o projeto de Deus que se inspira no Reino que Jesus Cristo trouxe para o mundo. Neste domingo dedicado ao leigo, entende-se a vocação do leigo na Igreja como alguém que transforma a sociedade a partir dos valores do Reino de Deus. Amém!

FIQUEM NA PAZ DE DEUS!
SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMAGEM DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

IMAGEM DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

O PAPA BENTO XVI E O SAUDOSO JOÃO PAULO II AMIGOS INSEPARÁVEIS - SANTOS HOMENS!

O PAPA BENTO XVI E O SAUDOSO JOÃO PAULO II AMIGOS INSEPARÁVEIS - SANTOS HOMENS!

NO PEITO EU LEVO UMA CRUZ - JMJ - RIO - 2013

O MAIOR EVENTO CATÓLICO DO MUNDO QUE ACONTECERÁ NO RIO DE JANEIRO...

A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA É A ÚNICA QUE DESCENDE DOS APÓSTOLOS DE JESUS CRISTO. POR ISSO, SE DIZ APOSTÓLICA! E NÓS CREMOS NA PROMESSA DE JESUS A PEDRO: "TAMBÉM EU TE DIGO QUE TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI A MINHA IGREJA, E AS PORTAS DO INFERNO NUNCA PREVALECERÃO CONTRA ELA". MATEUS 16, 18

INFELIZMENTE ALGUNS JÁ COMEÇAM A SE CONTRAPOR AQUELE QUE SERÁ O MAIOR EVENTO CATÓLICO DO MUNDO QUE SERÁ REALIZADO NO BRASIL EM 2013 (PRECISAMENTE NO RIO DE JANEIRO)

PODEM SE INCOMODAR PORQUE A JORNADA VAI ACONTECER... AS TREVAS SÃO ASSIM MESMO SE INCOMODAM COM A LUZ...

MINISTÉRIO ADORAÇÃO E VIDA

ADORAÇÃO E VIDA - HOJE LIVRE SOU...

JESUS CRISTO O BOM PASTOR O FILHO ÚNICO DO DEUS ALTÍSSIMO

JESUS CRISTO O BOM PASTOR O FILHO ÚNICO DO DEUS ALTÍSSIMO

BLOGS PARCEIROS!

  • Conhecendo o Apóstolo Paulo - Parte I - *CARTAS PAULINAS* * 1. Introdução* Nos escritos do NT encontramos vinte e uma Cartas. Treze delas são atribuídas ao Apóstolo Pa...
    Há 2 dias
  • SÃO JOÃO BATISTA... - *Celebrar São João Batista não significa bebermos, fazermos tantas coisas que não convêm a Deus, porque isso não é amar, mas sim desonrar o santo a quem n...
    Há 5 semanas
  • - Do meu nada do meu ser Transforma-me faz de mim um novo vento numa tatuada emoção cheia de vida assim quero ser eu na surpresa do meu eu!! Um sentimento sem ...
    Há 2 meses

MINISTÉRIO ADORAÇÃO E VIDA!

EM TUA PRESENÇA - PE. FÁBIO DE MELO

ESTE É UM CHATE (BATE - PAPO) PARA ENCONTRAR NOVOS AMIGOS ONLINE