CANTOS DA NOVENA PARA O ADVENTO

CANTOS DA NOVENA PARA O ADVENTO


1.     Ó vem senhor.
Ó vem, Senhor, não tardes mais,
Vem saciar nossa sede de paz!
1.     Ó vem como chega a brisa do vento
Trazendo aos pobres justiça e bom tempo!
2.     Ó vem, como, chega a chuva no chão
Trazendo a fartura de vida e de pão!
3.     Ó vem, como chega a luz que faltou.
Só tua palavra nos salva, Senhor!
4.     Ó vem, como chega a carta querida.
Bendito carteiro do reino da vida!
5.     Ó vem, como chega o filho esperado.
Caminha conosco, Jesus bem-amado!
6.     Ó vem, como chega o libertador.
Das mãos do inimigo, nos salva Senhor!

2.     Senhor, vem salvar teu povo.
1.     Senhor, vem salvar teu povo das trevas da escravidão.
Só tu és nossa esperança, és nossa libertação.
Vem, Senhor, vem nos salvar!
Com teu povo, vem caminhar.
2.     Contigo o deserto é fértil, a terra se abre em flor.
Da rocha brota água viva, da terra nasce o esplendor.
3.     Tu marchas à nossa frente, és força, caminho e luz.
Vem logo salvar teu povo, não terdes, Senhor Jesus!

3.     Anunciação
1.     Ao povo antigo te fizeste escutar
Pelos projetos da primeira aliança
Tuas promessas se cumpriram plenamente
Em Jesus Cristo que é nossa esperança
Tu vens, tu vens, eu já escuto teus sinais! (bis)
2.     A vos do anjo sussurrou no meu ouvido
Eu não duvido, já escuto teus sinais.
Que tu virias pra ficar em nosso meio
Eu te anuncio, ó menino, rei da paz!

4.     Como o sol nasce da aurora.

Como o sol nasce da aurora de Maria nascerá. Aquele que a terra seca em jardim converterá. Ó Belém abre teus braços ao Pastor que a ti virá. Emanuel Deus conosco, vem ao nosso mundo vem. (bis)

1.     Ouve ó pastor do teu povo, vem do alto céu onde estás. Emanuel...
2.     Vem teu rebanho salvar, mostra o amor que lhe tens. Emanuel...
3.     Salva e protege esta vinha foi tua mão que a plantou. Emanuel...
4.     Salva e confirma este eleito, Ele que é nosso pastor. Emanuel...   

Salmos

2a. Noite
Nos seus dias a justiça florirá.
3a. Noite
Vinde, Senhor, para Salvar o vosso povo!
4a. Noite
O rei da glória é o Senhor onipotente;
Abri as para que ele possa entrar!
5a. Noite
Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor!
6a. Noite
 Iluminai a vossa face sobre nós,
Convertei-nos, para que sejamos salvos!
7a. Noite
Voltai-vos, Senhor; para nós por um pouco.
Não tardeis mais em vir até nós, vossos servos.
8a.Noite
Senhor meu Deus, a vós elevo a minha alma!

Aclamações

Refrão: Aleluia, aleluia (bis).
Voz que calma no deserto: (bis)
“Preparai-lhe um caminho, (bis)
Uma estrada ao Senhor!”(bis)
Aleluia, aleluia! (bis)

Ou

Refrão: Aleluia, aleluia (bis).
O Espírito consagrou-me (bis)
E mandou-me anunciar (bis)
Boa nova para os pobres! (bis)
Aleluia, aleluia! (bis)

Cântico da virgem Maria


2a. Dia
Antífona: Ó...Ó libertação:
Pelo espírito Santo consagrado
Boa Nova trouxeste aos oprimidos,
Confortaste os corações sofridos,
Os cativos por ti serão livrados,
Vem liberta este povo acorrentado
E o tempo da dor seja esquecido, ó, ó.
Vem, ó Filho de Maria,
Já se ascende a estrela guia,
Quanta sede, quanta espera,
Quando chega, quando chega aquele dia? ... (bis)

3a. Dia
Ó...
Ó sabedoria:
Tu saíste da boca do mais alto,
Os confins do universo atingiste,
Tu com força e ternura dirigiste
Este mundo por ti todo ordenado,
Vem mostrar o caminho consagrado
Da prudência, que ao justo um dia abriste, ó, ó.
Vem, ó Filho de Maria,
Vem do céu sabedoria,
Quanta sede, quanta espera,
Quando chega, quando chega aquele dia? ... (bis)

4a. Dia
Ó...
Ó Senhor, ó Adonai:
De Israel, teu povo és o guia,
Nu`a fogueira a Moisés te revelaste,
No Sinai a teus servos entregaste
Uma lei cheia de sabedoria,
Vem trazer a teu povo alforria,
Libertar com teu braço os que amaram, ó, ó.
Vem, ó Filho de Maria,
Do teu povo és o guia,
Quanta sede, quanta espera,
Quando chega, quando chega aquele dia? ... (bis)

5a. Dia
Ó...
Ó de Jessé diz:
Estandarte bem alto levantado,
Um sinal para todas as nações,
Frente a ti ficam mudos os barões,
Clama o povo e só quer ser escutado,
Vem, Senhor, libertar o escravizado,
Não demores, escuta as orações, ó, ó.
Vem, ó Filho de Maria,
Vem dos tristes alegria,
Quanta sede, quanta espera,
Quando chega, quando chega aquele dia? ... (bis)

6a. Dia
Ó...
Ó Chave de Davi:
És o cetro da casa de Israel,
Tu, que abres, e ninguém pode fechar,
Tu que fechas e abri quem poderá?
Vem depressa esta raça acudir,
Algemado que vai poder sair,
Se na sombra da morte é seu lugar? Ó, ó.
Vem, ó Filho de Maria,
Vem, ó Cristo, Rei-Messias,,
Quanta sede, quanta espera,
Quando chega, quando chega aquele dia? ... (bis)

7a. Dia
Ó...
Ó Sol do Oriente;
ÉS O Sol da Justiça que esponta,
Resplendor de uma luz que não se apaga,
Quem habita nas trevas te aguarda,
Quem do cego peca está na sombra,
Quem da morte adormece, leva em conta,
Vem, Senhor, essa escuridão faz clara, ó, ó.
Vem, ó Filho de Maria,
Vem raiar Sol da Justiça
Quanta sede, quanta espera,
Quando chega, quando chega aquele dia? ... (bis)

8a. Dia
Ó...
Ó Rei das nações:
Desejado dos povos, rei das gentes,
Tudo ajuntas em ti, Pedra Angular,
Inimigos tu vens apaziguar,
Vem salvar este povo tão dormente,
Pois do barro formaste o nosso ente,
Vem, Senhor, e não tardes, vem salvar, ó, ó.
Vem, ó Filho de Maria,
Deus da nossa alegria,
Quanta sede, quanta espera,
Quando chega, quando chega aquele dia? ... (bis)

Magnificat, e ao fim retoma a antífona.

FIQUEM NA PAZ DE DEUS!
SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!