O PAPA CRITICA TEORIA SOBRE O UNIVERSO



Bento XVI afirmou: O universo é fruto da criação de Deus!
PARTE II


Para Pascal o homem deve aceitar que é um ser finito e miserável se quiser ter acesso ao eu verdadeiro, ou seja, a Deus. Esse acesso também se dá numa relação com um outro (ser infinito = Deus). Porém, essa relação se dá com um outro enquanto ser verdadeiro e absolutamente perfeito. Este ser é Deus.
Podemos chegar à conclusão que é justamente isto que eles não querem afirmar e porque não dizer; aceitar a existência deste ser Criador, Deus. Para Bento XVI, “nós somos convidados a enxergar algo profundo no universo: a sabedoria do criador, a criatividade inesgotável de Deus', disse o papa em sermão para 10 mil fiéis na Basílica de São Pedro, durante sermão no vaticano na missa da Epifania; que quer dizer manifestação da presença do Senhor.
Os cientistas descartam a fé e conseqüentemente se esquecem de Deus, não aceitam colocar Deus como fonte criadora de tudo. Na verdade o homem quer ser o centro de tudo o que existe. Mas, em suas pesquisas científicas nós bem sabemos que eles se deparam com a limitação da razão. O possui uma natureza limitada finito, logo não poderá explicar aquilo que ele não consegue abarcar, ou seja, o infinito.
Vejamos o que Pascal chegou a afirmar mesmo sem possuir o conhecimento científico que nós temos hoje:

É preciso “que o homem voltado para si próprio, considere o que é diante do que existe” (PASCAL, 1984, p. 51). Nada em relação ao infinito; tudo em relação ao nada; um ponto intermediário entre tudo e nada. Infinitamente incapaz de compreender os extremos, tanto o fim das coisas como o seu princípio permanecem ocultos num segredo impenetrável, e é-lhe igualmente impossível de ver o nada de onde saiu e o infinito que o envolve. (PASCAL, 1984, p. 52).
               
Os cientistas são envolvidos em tais mistérios ocultos e impenetráveis e apenas com o uso da razão não conseguirão compreender na sua totalidade o infinito que o envolve.  Segundo Bento XVI, “as teorias científicas sobre a origem e o desenvolvimento do universo e dos humanos, embora não entrem em conflito com a fé, deixam muitas perguntas sem respostas”.
Diante de tais teorias aplicadas nos últimos anos a sua santidade o Papa Bento XVI, (Sumo Pontífice representante maior da presença de cristo aqui na terra para nós católicos) disse: "Na beleza do mundo, em seu mistério, sua grandeza e sua racionalidade... só podemos nos deixar ser guiados em direção a Deus, criador do céu e da terra".
FIQUEM NA PAZ DE DEUS! SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!