A VIDA É ÚNICA. DEFENDE-A


Lembrando ainda da Campanha da Fraternidade com o lema: “Escolhe, pois, a vida” (Dt 30, 19) afirmamos que ela veio em hora boa. A Pastoral Familiar recolheu 600 mil assinaturas para que se realizasse uma Campanha em favor da vida humana. Por, isso os temas éticos como aborto, eutanásia, sexualidade, família, bioética, estão bem contemplados no Texto Base.
A vida é dom de Deus, maravilha e compromisso. Não nascemos por acaso, mas por amor e desígnio de Deus. Existimos porque somos amados. Cada vida humana é um desejo, um pensamento eterno de Deus que se fez carne. O primeiro útero que nos gerou foi o útero da Santíssima Trindade. A vida é, pois, um bem primordial e, por isso, é o fundamento das instituições humanas.
Não se pretende com esta Campanha realizar um “mutirão contra o aborto”, mas não podemos silenciar diante da gravidade do tema e de projetos abortistas. A Conferência de Aparecida enfocou o tema da vida de uma maneira profética, dizendo: “A Igreja fez uma opção pela vida” defendendo-a desde a concepção no ventre materno até seu fim natural. Por outro lado, o clamor pela vida requer uma evangelização com promoção humana, libertação, inserção social. A vida humana supõe as condições mínimas de vida, entre elas, a consciência ecológica e a superação da fome.
O interesse pela vida leva-nos a priorizar os caminhos de vida para superar os caminhos de morte. Como profetas da vida, lutamos pela vida no seu sentido integral: vida humana plena, vida cristã no Espírito e a esperança na vida eterna.
A vida de cada pessoa é única, original, irrepetível. Cada pessoa é um pensamento, um desejo, uma obra de Deus, o Senhor da vida. Ele nos manda escolher a vida e ainda diz: “Convertei-vos e vivereis” (Ez 33, 11). Seus mandamentos são defesa da vida e caminhos de vida. Daí o mandamento: “Não matarás!” (Ex 20, 13).
Jesus veio trazer-nos vida plena e digna. Ele torna a vida bela, livre e grande. Ensino-nos a doar a vida para que nossa vida tenha sentido. Ele mesmo é a vida de nossas vidas. A vida em Cristo é um processo de cristificação de nossa existência desde o batismo até a eternidade. “A vida do homem é a visão de Deus” (S. Irineu).
A vida é preciosa e frágil. Desde a fecundação até seu fim natural ela deve ser acolhida, amada, respeitada. O útero materno é ninho de vida, jamais cemitério pela prática do aborto. Nada justifica a eliminação da vida inocente, fraca e indefesa. Quem pratica ou elabora com o aborto cai na ex-comunhão e quem o facilita, como é o caso dos legisladores, políticos, etç., não deve receber a Eucaristia, por causa da “coerência eucarística” (DA 436).
O Documento de Aparecida é um verdadeiro monumento em favor da vida. Ali se diz: as pastorais e a missão estão a serviço da vida; precisamos ser profetas da vida e defender a cultura da vida, os caminhos da vida; o reino de Deus é reino da vida. A luta pela vida abrange a ecologia, a vida no ventre materno, a vida da pessoa, a vida social, a vida em Cristo e a vida eterna. A dignidade e promoção humana, a libertação, a família, são todos temas ligados à vida.
As agressões contra a vida são cada vez mais facilitadas, justificadas, fabricadas como é o caso da fome, da violência, da degradação do meio ambiente, da legalização do aborto, das drogas, das estruturas de morte. A vida foi banalizada e a morte facilitada. Eis a cultura de morte.
Avolumam-se Projetos de Leis favoráveis ao aborto, eutanásia, divórcio, prostituição, homofobia, nova conceituação de família, uniões homossexuais, manipulação de células embrionárias, mudanças de sexo. Diante de tudo isso, só temos uma opção: defender a vida. A pessoa humana sem Deus acaba sendo perigosa, opta por caminhos de morte e constrói uma civilização desumana.

Vale aqui recordar as reflexões de Madre Tereza de Calcutá sobre a vida:

“A vida é uma oportunidade, viva-a;
A vida é beleza, admira-a;
A vida é uma bem-aventurança, saboreia-a;
A vida é um sonho, torne-o realidade;
A vida é um desafio, enfrente-o;
A vida é um dever, cumpra-o;
A vida é alegria, divirta-se;
A vida é preciosa, zele-a;
A vida é uma riqueza, conserve-a;
A vida é amor, doe-se;
A vida é um mistério, descubra-a;
A vida é promessa, cumpra-a;
A vida é tristeza, supere-a;
A vida é um hino, cante-o;
A vida é uma luta, aceite-a;
A vida é uma aventura, arrisque-a;
A vida é felicidade, mereça-a;
A vida é única, defende-a!”

Dom Orlando Brandes

Arcebispo de Londrina
Presidente da Comissão Episcopal
Pastoral para a vida e a Família - CNBB     


Um comentário:

  1. Eu conheço essa igreja da primeira foto. É lá no José Américo. Muito linda! Paróquia São José parece!

    ResponderExcluir

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!