CELEBRAÇÃO DA RECONCILIAÇÃO E DA PAZ


CELEBRAÇÃO DA RECONCILIAÇÃO E DA PAZ

X RITOS INICIAIS


Comentarista: A paz é o fruto da justiça e do amor nas relações humanas; ela também é uma espécie de quietude e de satisfação dos anseios mais profundos do coração humano. A paz pode ser conseguida e vivida em graus diversos, mas a paz plena só é encontrada em Deus, de acordo com a bela exclamação de Santo Agostinho: “Tu nos fizeste para ti, Senhor, e nosso coração anda inquieto até que não repousa em ti”. E Santa Teresa de Jesus diz: “A paz santa, consiste em conformar-nos em tudo com a vontade de Deus de maneira que entre Deus e a alma, não haja divisão e só reine entre eles uma única vontade, não em palavras e desejo, mas nas obras”.  A Igreja deseja e atua para que a paz verdadeira seja conseguida e assegurada a todos, em todos os níveis.

Infelizmente, a história humana está carregada de violência. A violência armada ou doméstica é uma praga social, que resulta da perda dos valores éticos que devem nortear a vida pessoal e a convivência humana. A difusão da violência é sintoma de uma cultura doente e desorientada e gera um modo de vida no qual são postas a perder as boas conquistas da civilização. A cura da violência vem da valorização das atitudes pessoais e da promoção de posturas adequadas para a sociedade.

Neste diálogo muito especial de salvação que é a liturgia, queremos hoje tomar como «ícone bíblico» o encontro de Jesus com a adúltera (Jo 1-11)  De fato, temos a impressão de que o  encontro entre Jesus e a mulher surpreendida em flagrante adultério se parece em vários aspectos com uma celebração do sacramento da reconciliação e do perdão. Seguindo esta narração breve, mas muito densa, queremos de certo modo observar, nas atitudes e nas palavras de Cristo, todas as tonalidades da sabedoria humana e sobrenatural que nós próprios ministros do perdão e fiéis devemos procurar exprimir, para que o sacramento seja vivido da melhor forma possível.

X Canto Inicial

X Saudação e Acolhida


Padre: Bendito seja Deus, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo: ele criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança e colocou o arco-íris no céu como sinal permanente da aliança com todo o ser vivo na terra
Todos: Bendito seja Deus para sempre

Padre:         Bendito seja Jesus Cristo: nosso Senhor, filho único do Pai, anunciado pelos profetas como príncipe da paz e nascido da Virgem Maria: com seu sangue destruiu o muro de separação entre os povos  e ressuscitado dos mortos deu a paz como primeiro dom aos seus discípulos
Todos: Bendito seja Deus para sempre

Padre: Bendito seja o Espírito Santo, Senhor que dá a vida, consolador e fonte de comunhão: é ele quem nos anima a trabalhar incansavelmente pelo fim de toda violência e nos encoraja ao anúncio do evangelho da paz.
Todos: Bendito seja Deus para sempre


Oremos...
Senhor, tu amas a justiça
e estabelecestes a paz sobre a terra.
Nós te apresentamos a desunião
do mundo atual,
a violência absurda e todas as guerras,
a avidez e a injustiça humanas
que estão na raiz de todo ódio e conflitos.
Envia teu Espírito e renova a face da terra:
ensina-nos a ser compassivos
para com toda família humana.
Fortalece a vontade de todos e todas
que lutam pela justiça e pela paz
e dá-nos esta paz
que o mundo não pode nos dar.
Por Cristo, nosso Senhor.
Amém.

X LITURGIA DA PALAVRA


X Primeira Leitura Is  48,17-19
Comentarista: O profeta Isaías denuncia que o comportamento do homem é contrário ao plano de Deus. A fidelidade aos preceitos do Senhor teria dado ao povo um destino diferente. Mas nem tudo está perdido . como Mestre e guia, Deus se propõe ainda a conduzir Israel à pratica da justiça.
Leitura do Livro do  Profeta de Isaias

X Salmo 1
Comentarista: Para nossa oração ser agradável a Deus, a base e fazer parte da comunidade dos que procuram praticar a justiça. Que a meditação da Palavra de Deus nos oriente neste caminho.

Refrão: Senhor, quem vos seguir, terá a luz da vida  
-         Feliz é todo aquele que não anda
Conforme os conselhos dos perversos;
-         Que não entra no caminho dos malvados,
Nem junto aos zombadores vai sentar-se;
-         Mas encontra seu prazer na lei de Deus
A medita, dia e noite, sem cessar.

Refrão: Senhor, quem vos seguir, terá a luz da vida
-         Eis que ele é semelhante a uma árvore,
Que à beira da torrente está plantada;
-         Ela sempre da seus frutos aos eu tem,
E jamais as suas folhas vão murchar.
Eis que tudo o que ele faz vai prosperar.


Refrão: Senhor, quem vos seguir, terá a luz da vida
-         Mas bem outra é a sorte dos perversos.
Ao contrário, são iguais à palha seca
Espalhada e dispersada pelo vento.
-         Pois Deus vigia o caminho dos eleitos,
Mas a estrada dos malvados leva à morte.

Refrão: Senhor, quem vos seguir, terá a luz da vida

X Segunda Leitura Rm 12,14-21
O Apóstolo Paulo está em Corinto, prestes a dirigir-se a Roma. Para preparar a sua chegada ele envia uma carta e nela, dentre outros ensinamentos apresenta a Justiça de Cristo como Justiça de Deus que se opõe à justiça dos homens. O único modo de sair do círculo vicioso do mal pelo mal é acolher a palavra do Apóstolo: “Não te deixes vencer pelo mal, vence antes o mal com o bem
Leitura da Carta do Apóstolo Paulo aos Romanos

X Aclamação ao Evangelho
X Evangelho Jo 8,1-11
O motivo da acusação por parte dos escribas e fariseus não é sincero. Eles levam a mulher para tentar Jesus. A adúltera deveria ser apedrejada. Jesus confunde os acusadores e perdoa a adúltera. Nenhuma condenação a teria mudado. O amor misericordioso a converte.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João
X Homilia, meditação e exame de consciência.
X Intercessão

(Cada Leitor portará uma vela acesa, dirige-se até ao altar faz a prece e deixa-a no lugar da palavra).

Leitor 1. Ó Príncipe da Paz,
faze brilhar tua luz
em todos os países e nações.
Que os direitos humanos sejam respeitados,
que conflitos sejam solucionados
pelo diálogo e consenso,
que as armas sejam destruídas
e os pobres alimentados
e todos os povos do mundo sejam guiados
pelos caminhos da paz!
Todos: Louvor e glória a ti, Jesus, Senhor da Paz!

Leitor 2. Ó Príncipe da Paz,
faze brilhar tua luz na nação brasileira:
acaba com a violência no campo e na cidade;
desperta-nos para um vivo engajamento
com a justiça e a solidariedade
e dá-nos a paz constante e prosperidade completa.
Todos: Louvor e glória a ti, Jesus, Senhor da Paz!

Leitor 3. Ó Príncipe da Paz,
faze brilhar a tua luz em todas as famílias:
fazei dos esposos, pais, filhos e irmãos 
instrumentos da tua paz,
através do diálogo, do respeito mútuo
e da fraterna caridade
a família seja o lugar onde se celebre
o perdão e a paz.
Todos: Louvor e glória a ti, Jesus, Senhor da Paz!

Leitor 4. Ó Príncipe da paz,
faze brilhar  tua luz
sobre os teus discípulos e discípulas,
de todas as Igrejas,
de todos sos recantos da terra:
que sejam portadores da bênção
daqueles que promovem a paz
e vigorosas testemunhas da não violência.
Todos: Louvor e glória a ti, Jesus, Senhor da Paz!

Padre: Ó Cristo, Príncipe da Paz, atende as nossas preces, e agora ensina-nos a rezar!
X Pai-nosso...

X GESTO SACRAMENTAL
(Em silêncio entram pelo meio da assembléia algumas pessoas trazendo jarras com água e começam a despejá-las lentamente e silenciosamente numa vasilha maior à frente do altar)

X Bênção da água

Padre:   Queridos irmãos e irmãs em Cristo, nós que participamos da Páscoa de Jesus, invocamos agora, o Deus da vida para que no seu amor infinito abençoe esta água que vai ser aspergida sobre nós, recordando o nosso batismo. Ajude-nos também a permanecermos fiéis ao Espírito... Que recebemos.

Deus de eterna bondade, rico em misericórdia, quisestes que pela água, fonte de vida e purificação, toda pessoa humana fosse banhada na graça da salvação. Abençoai agora esta água com a força do vosso Espírito, para que todos os que se banharem nela sejam libertados de todos os pecados; participem profundamente da Páscoa do Cristo, vosso Filho, e recebam a graça da imortalidade, por Cristo Nosso Senhor.   (Amém)

(Todos vêem tocar ou a água será aspergida enquanto canta-se...)

-         Lavai-me, Senhor lavai-me, e bem limpo eu vou ficar. (bis)
-         Senhor, vós me lavareis, de tão limpo eu vou brilhar. (Bis)
(Intercalar versos do Salmo 51)

 

X Oração de libertação

Deus, fonte de toda luz,
de tal modo amastes o mundo,
que entregastes o vosso Filho único para a nossa salvação,
a fim de sermos redimidos por sua cruz,
vivificados por sua morte,
salvos por sua paixão,
e por sua ressurreição glorificados.
Nós vos suplicamos, pelo mesmo Jesus Cristo,
que vos digneis velar sobre esta vossa família
em todas as coisas
tenhamos no espírito o vosso temor,
no coração, a fé,
nas obras, o amor,
na língua, a verdade,
nos costumes, a disciplina,
para que possamos alcançar de modo digno e justo
o prêmio da imortalidade,
Por Cristo, nosso Senhor.
Amém.


X RITO DA DESPEDIDA


- O Senhor vos abençoe e vos guarde! .  (Amém)
- O Senhor faça brilhar sobre nós a sua face e vos seja favorável!   (Amém)
- O Senhor dirija para vós o seu rosto e vos dê a paz!  (Amém)

Comentarista: A paz é um profundo anseio do coração, uma verdadeira necessidade e um direito humano e o anúncio da paz é parte da mensagem cristã; como seguidores de Cristo, temos a missão de promover e defender a paz; cremos no Deus da paz e em Jesus Cristo, o Príncipe da paz, por isso saudemo-nos uns aos outros com a paz de Cristo.

(Todos se despedem com a saudação de paz de Jesus Cristo)

FIQUEM NA PAZ DE DEUS!
SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!