O DILÚVIO - NOÉ E SUA FAMÍLIA


Como será que continua a história?
Amorosa e vai continuar através de Noé, o homem justo.

O Dilúvio – (Capítulos 6, 7, 8, 9 e 10) Ler e partilhar Gn6, 1-22 - (chamar a atenção dos detalhes da arca) DEUS para purificar e corrigir o homem envia um grande castigo que foi o dilúvio sobre a humanidade pecadora. O autor sagrado narra de uma forma humana, embora falando de DEUS. Com isso ele quer nos mostrar o tanto que o pecado desagrada a DEUS.  DEUS jamais se arrependeria porque DEUS não muda em Si.  Ele condena sempre o pecado aprova o bem e tudo prevê sem tirar a liberdade de ninguém. No relato do dilúvio, somente um homem com sua família escapou: é o início de uma nova etapa na caminhada humana. Esta arca para nós que aqui estamos é a Igreja. Então falou DEUS a Noé. “Sai da arca, com tua mulher, teus filhos e as mulheres de teus filhos“.   Disse também DEUS a Noé e a seus filhos: “Vou fazer uma aliança convosco e com vossa posteridade, assim com todos os seres vivos que estão convosco, todos os animais”.

Neste episódio da arca, podemos trazer para a nossa vida; Nem sempre somos capazes de perceber a importância dos acontecimentos que o próprio DEUS aponta para nós e que são sempre cheio de esperança e de salvação.  Acontecimentos como da arca, que os conhecidos de Noé desprezaram, ridicularizaram e na qual não entraram, de modo que acabaram sendo tragados pelo dilúvio.

Pois é! A arca de Noé poderia retratar os muitos instrumentos e momentos de salvação que o Senhor continuamente nos proporciona e nem sempre somos capazes de aproveitar.  Quantas e quantas vezes somos convidados para participarmos da Igreja, e muitas vezes relutamos. Às vezes o convite passa por uma preparação para o Batismo, passa pela catequese, passa às vezes por dificuldades ou até mesmo numa alegria, e nós, não percebemos a presença de DEUS e deixamos passar a sua Graça. Não prestamos atenção nestes sinais e acabamos por perder a arca e nos afogando no dilúvio da vida como aconteceu no tempo de Noé. Toda criação se extinguiu.

Entrou na Arca todos, um casal, de tudo o que é criatura que tem sopro de vida. Gn 7,15-16 – Ah, que assim seja com cada um de nós. Que DEUS nos conceda a graça de entrar na Arca Celeste e com Ele permanecer eternamente!


Como estamos agora? Queremos acordar para perceber a salvação que DEUS nos oferece ou preferimos  continuar dormindo, desapercebidos de tudo? Vamos entrar na “arca” ou pretendemos nos entregar às farras nossas de cada dia, deixando o embarque para outra ocasião?

É verdade que DEUS nunca se cansa de passar ao nosso lado com sua paciência infinita.  A arca da Aliança continua varando as noites de tempestade e recolhendo os náufragos da vida.  Nela há lugar para todos.  Mas não é prudente adiar sempre para o dia seguinte. 
E Noé fez tudo como DEUS havia mandado. Gn 9,20-22 e Gn 9,12-13.16-17.

“DEUS disse a Noé: Sai da arca com seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos e com todos os seres vivos” – Gn 8,16-22.
“Noé construiu um altar para Javé, tomou animais e ave de toda espécie pura e ofereceu holocausto sobre o altar”. Javé aspirou o perfume, e disse consigo: Nunca mais amaldiçoareis a terra por causa do homem. Enquanto durar a terra, jamais faltarão semeaduras e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite.

DEUS disse a Noé e a seus filhos: Eu estabeleço a minha aliança com vocês e com seus descendentes, e com todos os animas que os acompanham: aves, animais domésticos e feras com todos os que saíram da arca e agora vivem sobre a terra. Nunca mais haverá dilúvio para devastar a terra.

Colocarei o meu arco nas nuvens, e eles se tornará um sinal da minha aliança com a terra.  Quando eu reunir as nuvens sobre a terra e o arco-íris estiver nas nuvens, eu o verei e me lembrarei da aliança eterna: aliança de DEUS com todos os seres vivos, com tudo o que vive sobre a terra.  E “DEUS disse a Noé: Este é o sinal da aliança que estabeleço com tudo o que vive sobre a terra”.

Com Noé surge a nova criação.  DEUS repete a mesma ordem: sede fecundos, dominai... (Gn1), E aí, o homem continuou puro? Não!

Fontes consultadas
Bíblia – PASTORAL (Editora Paulus).
Catecismo da Igreja Católica.
Apostilas Mater Ecclesiae (Dom Estevão Bettencourt).
Revista BRASIL CRISTÃO.
Revista ECOANDO editada pela Paullus.
FOLHA CATEQUÉTICA (Centro Pastoral Popular).
Fé, Vida e Comunidade - (exemplar do Catequista), editado pela Paulus.
Conheça a Bíblia – Ivo Storniolo.
Livro: Perguntas que o povo faz – Frei Mauro Strabeli.
Site do Santuário Nossa Senhora Aparecida – Evangelizando (Meditação do Dia)
Site do Convento Santo Antonio – RIO TOTAL/BOANOVA/
Pedro, Discípulo e Pastor – Prado Flores.
O Manual da Felicidade – O Sermão da Montanha - Pe. Alberto Gambarini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!