IGREJA - SACRAMENTO DE COMUNHÃO


IGREJA

SACRAMENTO DE COMUNHÃO


            A Igreja não é uma comunidade puramente espiritual, destituída de notas sensíveis características. Ao contrário, ela tem sua estrutura visível, que é portadora e transmissora da vida do próprio Deus. Daí ser a Igreja Sacramento, sacramento que continua o da humanidade de Cristo. 

A hierarquia da Igreja

         O Novo Testamento apresenta dois textos importantes para se conceber a hierarquia da Igreja: Mt 18,18: os Apóstolos recebem o poder de ligar e desligar; Mt 16,19: Pedro, a sós, recebe o mesmo poder. Em Jo 21, 15-17, Jesus confia a Pedro a função de apascentar o rebanho de Cristo, não o rebanho de Pedro. Cristo fica sendo de modo invisível o Pastor Supremo das ovelhas; Pedro não é o sucessor de Jesus, mas apenas o Representante ou aquele que faz as vezes do Pastor Supremo.
            Na noite de Páscoa Jesus soprou-lhes na face e diz “Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos” (Jo 20, 22-23). Com estas palavras, Jesus envia seus discípulos a pregar, em continuação com o envio ou a missão que Jesus recebeu do Pai. Esta continuidade é reforçada pelo dom do Espírito Santo,  que proporcionará aos Apóstolos fazer o que só Deus faz, para a santificação do povo de Deus; perdoar os pecados. Assim Jesus constitui a hierarquia da Igreja, confiada aos Apóstolos, chefiados por Pedro, e a seus sucessores.

FIQUEM NA PAZ DE DEUS!
SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!