ENVANGELHO DE SÃO JOÃO

PERGUNTAS SOBRE O 
EVANGELHO DE SÃO JOÃO

1)  O IV evangelho para chegar a sua forma atual seguiu uma possível trajetória. Citar os 4 momentos em ordem cronológica e tecer um rápido comentário sobre cada um.

a.      O discípulo amado: o autor apresenta como sendo aquele que estar na origem da tradição evangélica do IV evangelho, isto é, o discípulo amado, como sendo a fonte do seu evangelho. O discípulo amado, conforme opinião da tradição é identificado como o apostolo João, filho de Zebedeu e irmão de Thiago. A primeira etapa do evangelho é, portanto, apresentada para testemunha do qual fala a conclusão (21,24).
b.     Formação da Tradição: A Formação foi em ambiente palestino antes do ano 70, pois aquele que está na sua origem conhecia muito bem a trajetória da Judeia e de Jerusalém, em particular o Templo antes de sua destruição, porque demonstra conhecer as festas litúrgicas e o culto do templo (5-10)
c.     
1ª  Edição e sua estrutura: A 3ª   etapa na história do IV Evangelho é sua primeira edição que acabava no capitulo 20, 30-31. A conclusão:  “Jesus na presença dos discípulos, fez ainda muitos outros sinais,... e crendo tenhais a vida em seu nome”. Foi composta em ambiente grego.
d.     2ª Edição e seu motivo: A ultima etapa da formação do IV Evangelho é apresentada pela segunda edição com o acréscimo do capitulo 21 e uma segunda conclusão geral. Esta edição é motivada, pelo menos em parte, pela morte da testemunha João no tempo do Imperador Trajano (98-117 d.c) Com João se encerra uma era apostólica das primeiras testemunhas.

1º O discípulo amado: segundo a opinião tradicional, o discípulo amado é identificado com o apostolo João, filho de Zebedeu e irmão de Tiago (Mc 1,19).
2º A formação da tradição (segunda etapa na formação do IV evangelho): certamente foi formada em ambiente palestino antes do ano 70 d.C. Essa tradição conhece uma cronologia da vida pública de Jesus notavelmente mais longa do que aquela dos sinóticos.
3º 1ª edição e sua estrutura: foi composta em ambiente grego: o público cristão, na verdade, ao qual se dirigia, não conhecia nem o aramaico nem mesmo o hebraico, o que levou o autor a sentir a necessidade de traduzir as palavras aramaicas reportadas pela tradição (1,38). É a terceira etapa da formação do IV evangelho e acabava no cap. 20,30-31, com a conclusão.
4º 2ª edição e seu motivo: é a ultima etapa na formação do IV evangelho com o acréscimo do cap. 21 e uma segunda conclusão. Por quê? Motivada pelo menos em parte, pela morte da testemunha João no tempo do imperador Trajano (98-117 d.C.).

2)Quem são os cripto-cristaos, os cristãos judeus, cristãos das Igrejas apostólicas?


Os cripto-cristãos,  são judeus cristãos que não tiveram coragem de se arriscar, de assumir a sua identidade e permaneceram dentro da sinagoga.


Os Cristãos  judeus, discordarem de João quanto a quem é Jesus, perseguiu os joaninos e expulsaram da sinagoga todo aquele que cresse em Jesus como o Messias


Os cristãos das igrejas apostólicas, discorda de João no “aspecto preciso de cristologia que falta na fé dos cristãos apostólicos é a percepção da preexistência de Jesus e de sua origem do alto”. Assim, por se considerarem herdeiros de Pedro e dos Doze marca-se a diferença entre os joaninos.

cripto-cristãos: são judeus cristãos que permaneceram dentro das sinagogas, recusando-se a admitir publicamente que criam em Jesus. Possivelmente pensavam que podiam conservar a fé particular em Jesus sem romper com a herança judaica.
cristãos judeus: cristãos que tinham deixado a sinagoga, mas cuja fé em Jesus era inadequada segundo os padrões joaninos.
cristãos das igrejas apostólicas: inteiramente separados das sinagogas, comunidades mistas de judeus e gentios, se consideravam herdeiros do cristianismo de Pedro e dos Doze.

3) Faça um comentário de Jo 1,35-51.
1 Vemos aqui o estilo de Discipulado de Jesus: demonstrando que seu ministério está diretamente ligado à vida pessoal do Discipulador. 


2 Aproximadamente às 4 horas da tarde... ou o fim da tarde.


3 Cefas – “rocha” em aramaico e Pedro – “pedra” em grego. Refere-se a uma pedra retirada de uma montanha ou de uma grande rocha. Uma peça de pedra. Hoje em dia seria como dizer: você é um tijolo, tem um propósito grande, mas ainda falta encontrar seu lugar e valor.


4 Nazaré era uma vila insignificante na Galiléia. Natanael não tinha grandes expectativas sobre o que ele iria ver. Seu comentário sobre Nazaré pode não ter sido de desprezo, mas provavelmente um comentário indicando a falta de quaisquer afirmações a respeito de Nazaré nas profecias messiânicas. Como poderia vir de Nazaré um grande rei?


5. Aqui a Bíblia não revela o que estava se passando no coração de Natanael, porem é claro que com esta declaração Jesus revela conhecer o que estava no coração de Natanael. Quem sabe algum momento de questionamento ou alguma batalha pessoal, ou mesmo um momento íntimo, privado e pessoal de louvor, debaixo de uma árvore, sozinho. Natanael percebeu que somente Deus poderia saber o que estava no seu coração naquele dia em especial.


6. Aqui vemos uma declaração Messiânica do inicio do ministério e reinado ESPIRITUAL de Jesus. Estes versículos reúnem os traços característicos do discípulo segundo o IV evangelho: discípulo é aquele que acolhe o testemunho, segue, vem, vê, permanece e por sua vez se torna testemunha.  Mas o tema predominante mesmo é, mais uma vez, o da cristologia – para responder a pergunta: quem é Jesus?

A narração se desenvolve em 2 quadros:

1º vv. 35-42: o evangelista apresenta dois discípulos que passam do Batista para Jesus.

2º vv. 43-51: vemos dois discípulos chamados por Jesus mesmo.
Em ambos os casos, há um discípulo, fascinado por Jesus e feliz por tê-lo encontrado, que se torna testemunha e ocasião para que um outro discípulo encontre Jesus.

4)A partir de que elementos podemos afirmar que o IV evangelho tem uma origem (tradição oral) aramaica?
·        Era a língua de Jesus e da comunidade judeu-cristã de Jerusalém;
·        No evangelho atual permanecem 12 vocabulos da fase mais arcaica:
®   6 são traduzidos, dentre eles: rabbi, Messias, Kefa, Thomas.
®   3 nomes de localidade: Betesda, Gabata e Gólgata.
®   3 são comuns ao sinóticos: amém, Hosana e maná.


Todavia, a hipótese que o IV evangelho tenha sido escrito originalmente em aramaico não tem hoje nenhum seguimento. O Evangelho Tem uma origem aramaica porque 1º deve ser situada no ano 70 d.C (destruição de jerusalém) também por que era aa língua falada por Jesus e da comunidade judeu-cristã de Jerusalém. Desta fase mais aramaica no ev. Atual permanece 12 vocábulos, dos quais 06 são traduzidos (rabbi 2x); messias, kefas, siloam, thomas. 3 nomes de localidades (Betesda,gabata,gólgota); 03 são comuns aos sinóticos (amém 2x; hosana e maná). A hipótese q o ev. Tenha sido escrito originalmente em aramaico não tem hoje nenhum seguimento.


5)  Em ultima análise em que se fundamenta o IV Evangelho?
o IV evangelho se apoia portanto, em ultima analise, numa testemunha ocular; é por isso que o IV é testemunhal. Base desse texto é a corrente de testemunhas. Característica desse evangelho é um evangelho é  testemunhal.

6)  O que se entende por Literatura Joanina?
É o estudo literatura da comunidade do discípulo amado e suas  cartas que são atribuídas a João.

7)  Em que o IV se diferencia dos sinóticos. Indique dois pontos de divergência.
João é visto como testemunha do Cordeiro e Filho de Deus. Nos sinóticos é visto como profeta escatológico.
7 sinais. Enquanto nos sinóticos muitos milagres. Relata pelo menos três pascoas (2,13; 6,4;11,55). Sinóticos apenas uma Páscoa de Jesus, aquela da Paixão, morte e ressureição.

8)  Possivelmente onde, em que língua e quando foi escrito o IV evangelho?
Comunidades da Ásia Menor foram colocadas pela tradição viva, passada com João da Palestina ao ambiente helenístico e cosmopolita. Talvez tenha sido este deslocamento de ambiente que influenciou a linguagem Joanina, que alargou o seu olhar do mundo e usou uma língua grega que, mesmo traços característicos e fortes da cultura semita, encontram ampla ressonância na cultura helenística. Segundo a tradição o evangelho foi escrito em Éfeso, capital província pro-consular da Ásia. Por volta dos anos 50, talvez, teria vindo o apostolo João, não se sabe nada de preciso. Possivelmente o IV Evangelho foi escrito na Palestina, numa língua aramaica por volta do ano 70 destruição de Jerusalém.


9)  Quem é João Batista para o IV Evangelho?
João Batista para o evangelho de João foi aquele que apontou o Messias “Eis o Cordeiro de Deus” e dois dos seus discípulo André e o suposto João o seguiu (1,35-38).


10)Qual a diferença entre sinal (IV evangelho) e milagre (sinóticos) ?
Sinal: produz a fé. O sinal leva a fé passa pela pessoa e atinge a comunidade. Milagre: depende da fé. O milagre seguir a fé é algo que depende da fé é uma graça concedida a pessoa. Estes sinais são apenas em número de SETE, uma escolha consciente. Os sinais joaninos têm um antecedente claro e definitivo no Antigo Testamento: os sinais que Deus realiza por seu povo no êxodo rumo à liberdade (Ex 10,1; Nm 14,11-22; Dt 7,19; 29,1-3). João não utiliza a palavra dynamis (atos poderosos que acompanham a presença ativa do reino entre os homens, na tradição sinótica) para se referir aos gestos de Jesus, nem narra exorcismos. Isso acontece porque a temática joanina não é a implantação do reino/expulsão do demônio através dos dynameis.


11)Qual a finalidade do sinal no IV Evangelho.
Para o Evangelista o maior sinal de Deus para o mundo é Jesus Cristo. Os sete sinais apontam para Ele. A realização dos sinais é para que os discípulos creiam que Ele é o filho de Deus enviado do Pai. Para que o sinal produza a Fé.


12)Como entender a expressão atribuída ao IV evangelho: “evangelho espiritual”?
Ele queria penetrar na profundidade do verbo de Deus, o verbo que se fez carne, ou seja, o verbo encarnado em Jesus. O nome "Evangelho Espiritual" deveu-se a Clemente de Alexandria.


13) Na primeira edição, o IV Evangelho continha 20 capítulos, qual o motivo da inserção do cap. 21?
Esta segunda edição é motivada, pelo menos em parte, pela morte da testemunha João no tempo do Imperador Trajano (98-117d.c) .Com João se encerra uma era, a era Apostólica das primeiras testemunhas.


14) Qual o significado da expressão “Discípulo amado”?
O discípulo amado é o discípulo ideal que estar ao lado de Jesus é testemunha fiel. É apresentado pelo “autor” como sendo aquele que está na origem da tradição evangélica. Segunda a opinião tradicional, o discípulo amado é identificado com o apóstolo João, filho de Zebedeu e irmão de Tiago.


15)Qual o significado de Kosmos (mundo) no IV evangelho?
Cosmo tem haver com organização beleza. No quarto Evangelho pode ser a criação Gn 1,9. Toda a humanidade Gn 1,10a; 1,10b. Ou a parte hostil: aquele que não o acreditaram/aceitaram


16 Quais as características da comunidade joanina?
Da roça, 10, 1-5
De periferia do império romano
De homens e mulheres (11 1;19,25,27)
De judeus, samaritanos e gentios
De forte cultura bíblica (6,34,35)
De pobres doentes e desprezados (5, 3-4, 9,1)
Perseguindo por lideranças judaicas, mas que experimenta a ressureição. (11, 45-53)

17)Qual a diferença entre alegoria e parábola?
Alegoria: representação na qual os elementos tem relação direta com a realidade. Parábola: aspectos narrativo que envolve quem escuta, não termina no texto, mas no contexto; faz o  ouvinte ficar atento ao conjunto do enredo para se posicionar naquela história


18)Como podemos dividir em grandes linhas o IV Evangelho? (necessariamente não precisa indicar capítulos e versículos, apenas a temática que divide a obra e sua estruturação).
Prologo 1,1-18
Livro dos sinais 1, 19-12,50
Livro das comunidades 13, 1-17,26
Livro da gloria 18,1-20,31
Epilogo ou apêndice (21, 1-25)


19)Qual a relação que existe entre o “Livro dos Sinais” e o Livro da Gloria”?
Livros dos Sinais mostra os fatos da vida lido com os olhos da fé direcionando ao caminho a ser seguindo. Glória Jesus torna visível o Pai ao enfrentar a Cruz com a ressurreição dar-se a ação geradora da  vida.

FONTE: APONTAMENTOS DA AULA DE PADRE ANDRÉ VITAL.
SEMINÁRIO: SAPIC = SEMINÁRIO ARQUIDIOCESANO DA PARAÍBA IMACULADA CONCEIÇÃO.

FIQUEM NA PAZ DE DEUS!
SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!