VOCABULÁRIO DA SEMANA SANTA

Vocabulário da Semana Santa

Adoração - A adoração é a atitude das pessoas que reconhecem a presença e a proximidade de Deus. Ela é devida unicamente a Deus, a Cristo, Filho de Deus. Aos santos não se adora, apenas se venera pela proximidade e amizade que têm com Deus.

Ágape - O ágape, entre os primeiros cristãos, era uma prefigura da eucaristia, e simboliza o amor gratuito, a caridade, a fraternidade.

Aleluia - Palavra hebraica que quer dizer alegria. E expressão de louvor, de gozo pelo amor e pela ação salvadora de Deus.

Aliança – "Pacto de amor" que Deus fez com os hebreus, para levá-los a uma vida de comunhão com ele. Houve uma primeira aliança de Deus com o povo de Israel, chamada Antiga Aliança, que foi uma preparação para a Nova e definitiva Aliança realizada em Jesus Cristo.


Altar do Santíssimo ou altar da reposição - Altar preparado para a adoração do Santíssimo Sacramento na quinta-feira santa.

Anúncio pascal – O anúncio pascal é o canto de ação de graças diante do círio pascal, símbolo de Cristo ressuscitado, que se proclama solenemente na vigília pascal.


Arrependimento - Sentimento de dor por um mal cometido; supõe a decisão de abandonar o pecado.

Batismo – O batismo é o primeiro sacramento da fé cristã. Por esse meio, começamos a participar da vida de Cristo morto e ressuscitado, que nos faz filhos de Deus, irmãos de uma mesma família e membros da comunidade cristã.

Celebração – A celebração é a expressão de festa, de louvor e de agradecimento pela presença e ação de Deus em nossa história.

Círio pascal - O círio pascal é uma vela grande de cera que se benze na noite cia Páscoa, como símbolo de Cristo ressuscitado. O círio ilumina, fica aceso em todas as celebrações da comunidade cristã, durante o tempo pascal até o dia em que se comemora a ascensão de Jesus ao céu.

Comunhão – A comunhão traduz a palavra Icoinonia, que significa co-munhão com Cristo e entre nós. 


Confissão - A confissão é a proclamação da grandeza de Deus e de sua ação salvífica. É o reconhecimento dos pecados no sacramento da reconciliação. 


Cruz - A cruz é o símbolo universal da fé cristã, que nos faz lembrar a maneira pela qual morreu Jesus, nosso Salvador. 


Eucaristia – A eucaristia é ação de graças e bênção. É o sacramento que renova e atualiza a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus Cristo.

Jejum – Valor e sinal expressivo de fé cristã, que consiste em se abster, total ou parcialmente, de comida, em razão da fé ou de entrega ao próximo. Mediante o jejum, queremos expressar que os vo/ores materiais não são absolutos; só Deus é absoluto.


Liturgia –  A liturgia é a ação de Cristo e da Igreja, que anuncia e realiza os eventos da salvação. Mediante a liturgia, dá-se glória a Deus e se recebe a ação santificadora do Espírito Santo. A ação litúrgica por excelência é a santa missa, pela qual se atualiza o mistério pascal.

Memorial- O memorial é a lembrança que atualiza os acontecimentos da salvação; Cristo, sua vida, sua morte e ressurreição.

Oração - Orar é falar com Deus, escutar sua palavra, ficar diante dele. A oração se expressa de várias formas: pelo louvor, pela ação de graças, pelo pedido de perdão, pela intercessão. A verdadeira oração nos torna abertos para os irmãos e nos torna comprometidos com o bem comum.


Penitência - A penitência é a forma de reparação por uma ação negativa. E o nome que anteriormente se dava ao sacramento da reconciliação. Reconciliados com Deus, por meio do sacerdote que representa a comunidade, reconstruímos a relação com os irmãos na justiça e na caridade.

Pentecostes - Pentecostes é palavra grega que designa a festa celebrada cinquenta dias após a Páscoa. No dia de Pentecostes, o Espírito Santo é derramado abundantemente sobre a comunidade cristã.

Procissão - A procissão é a caminhada de fé e de oração que exprime o caráter peregrino do povo de Deus.

Quaresma - A Quaresma é o período de quarenta dias de preparação para a celebração da Páscoa. Começa na quarta-feira de cinzas e termina na quinta-feira santa.

Santos óleos ou santo crisma - É uma mistura de azeite e bálsamo aromático consagrado pelo bispo, na quinta-feira santa. É usado na administração de alguns sacramentos: batismo, confirmação, ordem sacerdotal e na unção dos enfermos.

Unção - A unção é o sinal de consagração. No Antigo Testamento, eram ungidos com azeite reis, sacerdotes e profetas. A unção era o sinal de investidura do poder de Deus. Jesus é o Ungido por excelência, porque nele repousa o Espírito de Deus.


FONTE: Como viver a semana santa – o sentido de cada dia – Equipe paulina – São Paulo – Editora Ave Maria – 1999.

FIQUEM NA PAZ DE DEUS!
SEMINARISTA SEVERINO DA SILVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONFIRA AS POSTAGENS MAIS VISITADAS (PROCURADAS) DO BLOG. VALE A PENA!

EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA!

BLOGS PARCEIROS!